Fugindo Numa Tela de Van Gogh

The Red Vineyard at Arles - Vincent Van Gogh

[The Red Vineyard at Arles – Vincent Van Gogh]

.

.

FUGINDO NUMA TELA DE VAN GOGH
(André L. Soares)
.
Cansado das vãs teorias,
busco a letargia
dos alienados felizes.
Não quero saber da política,
viro as costas ao feio
e à hipocrisia.
Entrego-me à incoerência;…
só vou ouvir os pássaros
e apreciar as orquídeas!
.
Chega de tantas mentiras,
da esperança perdida,
da pesada leitura.
Fico à margem dos dias,
da falsa engrenagem,
das tristes notícias.
Cedo-me à ignorância;…
só vou ouvir os pássaros
e apreciar as orquídeas!
.
Farto das ideologias,
dos beijos de Judas,
das falas prolixas,…
renego as tramas noturnas,
as turvas matizes
e as falácias da vida.
Rendo-me à intolerância;…
só vou ouvir os pássaros
e apreciar as orquídeas!
.
.
.

13 Respostas para “Fugindo Numa Tela de Van Gogh

  1. Olá!
    Vim agradecer sua visita em meu blog e retribuí-la.

    Também eu fujo…
    Fujo dos sentimentos que invadiram meu coração sem prévio aviso,
    Fujo dos sonhos que tais sentimentos semearam em mim,
    Fujo da sensação de ter perdido sem nem ao menos ter tentado,
    Fujo da armadilha do destino, que me pregou tal peça,
    Fujo das lágrimas que tentam brotar,

    Corro,
    Corro da paixão que me tomou,
    Corro do medo que a seguiu,
    Corro do pavor da solidão,

    Morro,
    Morro de paixão por ele,
    Morro de amores por ele,
    Morro de solidão pela falta d’ele….

    Choro,
    Choro de amargura por não tê-lo a meu lado,
    Choro de ternura quando vejo a foto d’ele,
    Choro, sem ele saber…..

    Digo,
    A mim mesma que é melhor esquecer,
    À todos que nada sinto, que não sinto nada,

    Minto,
    a mim mesma dizendo que tudo vai passar.

    Sorrio,
    E muito, na esperança de dias melhores.

  2. Os beijos de Judas… Estou muito triste e gostaria de desabafar um pouco… Não tenho com quem conversar no momento. Sei que sempre fui meio bruto, mas um amigo que eu amava me decepcionou, não sei o que fazer. A raiva é grande, mas só pelo que ele fez, não consigo odiá-lo de todo. Desconfio que nunca poderei perdoá-lo. A decepção é malígna e corroe. Não posso contar os detalhes nem para minha namorada, quem sempre me consola, ela não entenderia… Sabe aquelas coisas idiotas de homem?… Gostava muito da presença desse amigo mas não confio mais nele… Agora vai ser um pouco difícil guardar tudo comigo. Não ter com quem se abrir sobre certas coisas é perigoso, você pode até enlouquecer…

  3. elisabetecunha

    Perfeito,perfeito,perfeito….

    2008 maravilhoso pra vcs!!
    apareçam!
    beijos!

  4. Há muito tempo recebo beijos de JUDAS… cansei.

    belos escritos, André. parabéns!

    Quase-morte

    enquanto o silêncio predomina
    minha alma grita
    meu sangue esfria lentamente
    a pressão cai
    ouço vozes
    escuto meu coração
    e parece estar longe.

    é meu estado de quase-morte,
    meu amor ainda não voltou.

  5. elisabetecunha

    Passei e deixei um beijo!!

  6. elisabetecunha

    Amei a visita!

    Quero poesia!!!!
    🙂

  7. elisabetecunha

    Bela semna pra vcs!
    beijo

  8. Ter a oportunidade de fugir pelos campos de trigo de uma tela de Van Gogh, me parece muito mais interessante. =)

  9. buen blog, salud!

  10. Primeira vez que venho aqui e já me deparo com este belo poema….parabéns André!
    Adorei o poema e acho mesmo que deveríamos de fugir sempre!
    Um grande beijo e agora virei fã de carteirinha!rs

  11. parabens pela suas obras,são muito boa.]

    http://www.mundosubliminar.xpg.com.br

  12. хостинг

    Obrigado por Blog intiresny

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s